QUESTÃO 1 – Observe a imagem e leia o texto a seguir:

Vista parcial de Canudos, 1897.
Disponível em: http://2.bp.blogspot.com/-t3HzGxlu-h4/U5as9_AOtfI/AAAAAAAABpc/hCE4jx0j5Xs/s1600/Canudos_village.jpg.

Canudos foi resultado de vinte anos de peregrinação de Antônio Vicente Mendes Maciel, que passou a ser conhecido como Antônio Conselheiro. A aldeia denominada de Belo Monte foi fundada em 1893. O lugar escolhido era uma fazenda abandonada, que ficava às margens do Rio Vaza-Barris. O nome Canudos, que acabou por se popularizar, é referência a uma planta da região, de haste oca como um canudo […]. Os números não são precisos e há muita controvérsia sobre o número de habitantes de Belo Monte. De modo geral, fala-se em algo em torno de 10 mil a 35 mil habitantes. O fato é que famílias inteiras abandonavam seu trabalho nas fazendas para seguir o Conselheiro. Em três anos de existência, Canudos teria se tornado a segunda cidade da Bahia em número de habitantes, o que provoca uma escassez de mão de obra nas fazendas para descontentamento de muitos coronéis da região.

Disponível em: http://cpdoc.fgv.br/mosaico/?q=artigo/canudos-guerras-de-mem%C3%B3ria. Acesso em: 10 mar. 2016

Das alternativas a seguir, assinale a que identifica corretamente algumas das principais causas que levaram à formação do arraial de Canudos, na Bahia.

a) Concentração do poder local na mão dos latifundiários, intensa miséria da população nordestina e a abolição da escravidão.
b) A fundação de Canudos foi uma forma de o Conselheiro contestar o governo monárquico, lá reuniam-se os apoiadores da República.
c) Antônio Conselheiro lutava pela abolição da escravatura e fundou o arraial de Belo Monte para abrigar escravos fugidos.
d) Antonio Conselheiro fundou Canudos para se proteger dos grandes proprietários de terra da região, que ameaçavam sua autonomia política.
e) O beato Antonio Conselheiro morreu de malária na Bahia, e seus seguidores fundaram Canudos em sua homenagem.


Resposta correta: A
Nos primeiros anos da República, o Nordeste enfrentava uma conjuntura praticamente de abandono por parte do governo central, o que agravou o momento vivido por essa população e levou a um cenário de miséria. Tal condição piorou com a abolição da escravatura, em 1888 – quando milhares de libertos foram colocados nas ruas sem qualquer ajuda para se inserirem na sociedade, o que os forçou a viver, muitas vezes, em uma condição de semiescravidão –, e também com o fato de os latifundiários, grandes proprietários de terras, ainda concentrarem o poder econômico e político na região. Diante desse cenário, surgiu a figura de Antonio Conselheiro, um beato que peregrinava pelo sertão pregando a palavra de Deus e intermediando conflitos. Conselheiro logo se viu com diversos seguidores e acabou fundando o arraial do Belo Monte em uma fazenda abandonada, onde a comunidade vivia da produção coletiva.

MEU FILHO NÃO SABE ESTUDAR. E AGORA?

 

Cadastre seu e-mail para receber GRÁTIS um Livro Digital que vai te orientar a fazer seu filho amar os estudos!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!