Reforço de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2

Reforço de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 25

Leia o seguinte poema:
Atravessa esta paisagem o meu sonho dum porto infinito
E a cor das flores é transparente de as velas de grandes navios
Que largam do cais arrastando nas águas por sombra
Os vultos ao Sol daquelas árvores antigas…
O porto que sonho é sombrio e pálido
E esta paisagem é cheia de Sol deste lado…
Mas no meu espírito o Sol deste dia é porto sombrio
E os navios que saem do porto são estas árvores ao Sol…
Fernando Pessoa. “Atravessa esta paisagem o meu sonho”. Cancioneiro. Lisboa: Atlântico Press.
O poema de Fernando Pessoa traz em seus versos uma categoria bastante importante para a ciência
geográfica: a paisagem. A partir dele, pode-se compreender a paisagem como a categoria que:
a) ( ) abrange as características físico-naturais de um espaço surgido na Alemanha do século XIX.
b) ( ) abrange os elementos da realidade que são perceptíveis através dos sentidos.
c) ( ) estabelece que o contato do pesquisador com a realidade estudada não tem valor.
d) ( ) melhor compreende os conflitos de poder, sendo possível, a partir da paisagem, trabalhar a
noção de fronteira.
e) ( ) estabelece a análise das construções do homem, partindo do princípio de que toda paisagem
possui ação humana.

Resposta correta: B
A categoria paisagem, trabalhada pela ciência geográfica, tem por fundamento compreender a
realidade a partir dos elementos perceptíveis através dos sentidos. O texto traz elementos dessa
percepção, como a menção à cor das flores, à quantidade de Sol na paisagem etc. É válido lembrar
que a paisagem compreende tanto elementos naturais, como florestas, rios e animais, quanto
elementos humanizados, como construções, áreas de plantio de produtos agrícolas, entre outras.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 26

Leia o texto:
Sou a estação do frio;
O céu está sombrio,
E o Sol não tem calor.
Que vento nos caminhos!
Trago a tristeza aos ninhos,
E trago a morte à flor.
Há névoa no horizonte,
No campo e sobre o monte,
No vale e sobre o mar.
Os pássaros se encolhem,
Os velhos se recolhem
À casa a tiritar.
Porém fora a tristeza!
Em breve a natureza
Dá flores ao jardim:
Abramos a janela!
Outra estação mais bela
Já vem depois de mim.
Olavo Bilac. “O inverno”. As estações: poesias infantis de Olavo Bilac. São Paulo: Studio Nobel, 2003. pp. 6-7.
O poema acima retrata uma das quatro estações e demonstra, no fim, a passagem para outra delas.
Verão, outono, inverno e primavera compõem o ciclo das estações, e cada uma delas tem suas
características climáticas que influenciam a configuração das paisagens. A razão para a existência
desses períodos tão particulares é dada pela(o):
a) ( ) translação da Terra e pela inclinação de seu eixo de rotação em relação a sua órbita, que faz
com que os raios solares atinjam os lugares de forma distinta.
b) ( ) formato esférico da terra, que vai fazer com que os raios solares atinjam o planeta de forma
igual durante todo o ano.
c) ( ) influência da órbita lunar, que faz com que a Terra se aproxime mais do Sol em alguns
períodos do ano, como verão e primavera.
d) ( ) influência do ciclo solar, tendo em vista que ele emite mais radiação solar durante metade
do ano, alterando, assim, o clima terrestre.
e) ( ) movimento de rotação da Terra, isto é, o giro desta em seu próprio eixo, o que vai determinar
a maior incidência de raios solares sobre uma face do globo.

Resposta correta: A
As estações do ano têm sua formação determinada pela conjunção entre o movimento de translação
da Terra, isto é, sua órbita em torno do Sol, a qual dura aproximadamente um ano completo, e pela
inclinação de 23,5º do eixo da Terra em relação ao seu plano orbital. Dessa forma, uma parte do
planeta sempre ficará mais diretamente exposta aos raios do Sol do que outra. Essa exposição
alterna conforme a Terra gira em sua órbita, portanto, a qualquer momento, independentemente do
período do ano, os hemisférios Norte e Sul experimentam estações opostas.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 27
Leia o texto a seguir:
Um terremoto de 7,5 de magnitude no Sul da Ásia deixou mais de 260 mortos. A maioria no Paquistão.
Era uma e meia da tarde, hora local, sete da manhã em Brasília. O epicentro foi ao Norte do
Afeganistão, na região de Hindu Kush, a cerca de 250 quilômetros da capital Cabul. Mesmo tendo
começado a uma grande profundidade – mais de 200 quilômetros – o tremor alcançou uma extensa
área ao Sul da Ásia, como o Paquistão e a Índia.
[…]
Assim como ocorreu no Nepal, o tremor também deixou diversas regiões isoladas, sem comunicação
ou acesso para as equipes de resgate. Com prédios sem estrutura e população sem treinamento, o
medo é que o número de vítimas suba, tanto no Afeganistão quanto no Paquistão.
“Mais de 260 pessoas morrem em terremoto no Sul da Ásia”. G1, 26 out. 2015. Disponível em: <http://g1.globo.com/jornal-nacional/
noticia/2015/10/mais-de-260-pessoas-morrem-em-terremoto-no-sul-da-asia.html>. Acesso em: 26 fev. 2016. (Adapt.).
Um dos desastres naturais que trazem várias consequências para a população das áreas onde
ocorre é o fenômeno conhecido como terremoto. Apesar de poder ter sua causa atribuída a outros
fatores, tremores de terra, como o apontado na notícia, acontecem principalmente:
a) ( ) em áreas populosas e têm sua origem no uso desenfreado dos recursos minerais que
abalam as estruturas geológicas.
b) ( ) devido à atividade vulcânica, com as ondas sendo causadas pela energia restante da
liberação do magma.
c) ( ) em áreas localizadas no centro das placas tectônicas, que, ao se movimentarem, abalam as
estruturas instáveis nessas áreas, provocando fraturas.
d) ( ) em áreas próximas ao litoral, visto que os terremotos se realizam no mar, onde a crosta
terrestre é mais fina e menos resistente.
e) ( ) em áreas localizadas no encontro de placas tectônicas, sendo causados pela instabilidade
da litosfera terrestre.

Resposta correta: E
Apesar de apresentar outros fatores, a principal causa de terremotos no planeta Terra se relaciona
ao movimento de placas tectônicas, especialmente nas áreas de encontro destas. Forças internas
da Terra fazem com que a litosfera, que é instável, seja movimentada. Esses movimentos acabam
transferindo uma grande quantidade de energia até as áreas de encontro entre as placas, provocando
os terremotos.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 28
Isadora prepara uma longa viagem que irá realizar de carro. Ela partirá da cidade onde mora, no
extremo Norte do Canadá, e cruzará todo o continente americano até o extremo Sul, na região
da Patagônia. Para isso, ela deve estar preparada para a constante mudança de temperatura,
partindo de um lugar extremamente frio (zona polar), passando por uma região mais amena, mas
ainda fria (zona temperada), e posteriormente por uma área de clima conhecidamente quente (zona
intertropical), retornando a regiões mais frias (zona temperada). Assim, ela levará diferentes tipos
de roupa. É possível perceber o caminho percorrido no mapa a seguir.

fundamental 2 geografia 2016 q28 6 ano c1 p1

Fonte: Atlas geográfico. 3 ed. Rio de Janeiro: IBGE, 1986. A. N. Strahler. Physical geography. 3 ed. Nova York: Wiley, c1969.
A razão para essa grande mudança de temperatura no sentido norte-sul deve-se, entre outros
fatores:
a) ( ) à mudança de relevo, visto que as regiões mais frias, nos extremos, são montanhosas,
enquanto na zona tropical o relevo é mais baixo, formando praias.
b) ( ) ao movimento de translação da Terra, que cria diferentes estações do ano, sendo que na
zona polar predomina o inverno, e na tropical o verão.
c) ( ) às correntes marítimas, que influenciam na dinâmica térmica terrestre, criando as diferentes
zonas de temperatura, como a tropical quente e a temperada fria.
d) ( ) à espessura da atmosfera, menor na região central e maior nas extremidades, com os raios
solares chegando com bastante intensidade à zona tropical e elevando as temperaturas.
e) ( ) à inclinação do eixo de rotação e ao formato da Terra, que fazem com que esta receba os
raios solares de maneira desigual, configurando as zonas térmicas.

Resposta correta: E
Alguma das características da Terra que configuram as diferentes zonas térmicas são o formato
arredondado e achatado nos polos e a inclinação do seu eixo de rotação. Essa conjunção de fatores
faz com que os raios solares incidam na superfície de maneira desigual, sendo que, quanto mais
próximo da Linha do Equador (zona intertropical), há a tendência de a temperatura ser mais elevada,
pois os raios atingem a superfície da Terra de maneira menos inclinada. Conforme há o afastamento
em direção aos polos, seja no sentido norte ou sul, a luz solar incide na Terra de maneira mais
inclinada, tornando essas áreas mais frias.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 1
As viagens marítimas são um importante fato na história da humanidade, pois determinaram o início de
várias transformações no mundo, além de proporcionarem o avanço de uma série de conhecimentos,
com destaque para aqueles relacionados aos aspectos geográficos. Um elemento importante em
viagens pelo mundo é o que conhecemos como sistema de coordenadas geográficas, o qual auxilia
na localização do homem pelo globo terrestre, podendo, por meio de um conjunto de dados, indicar
qualquer ponto no mundo. Quais são esses dados essenciais para o sistema de coordenadas
geográficas e o que eles significam?

Resposta: O sistema de coordenadas geográficas é composto de linhas imaginárias chamadas paralelos e
meridianos, que indicam, respectivamente, a latitude e a longitude de um determinado ponto da
Terra, sendo esses dois dados essenciais para a localização na superfície terrestre. A latitude é
dada pelo ângulo formado entre a Linha do Equador e o ponto do qual se quer saber a localização
e vai de 0° a 90° para o Norte ou para o Sul. Já a longitude é medida pelo ângulo formado entre o
Meridiano de Greenwich e o ponto do qual se quer saber a localização. É também medida em graus,
podendo ir de 0° a 180° para Leste ou para Oeste.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 2
Na linguagem cartográfica, existem vários elementos utilizados para comunicar informações.
Quando aprendemos a decodificar esses elementos, podemos entender as informações que estão
sendo transmitidas pelos mapas. Nesse sentido, descreva três elementos presentes em mapas e
suas respectivas funções.

Resposta: Podem ser citados os seguintes exemplos: o título, que serve para informar do que se trata o mapa;
a legenda, que serve para identificar alguma informação que está dentro do mapa e pode ser apresentada
por meio de pontos, linhas, símbolos, cores, entre outros; a rosa dos ventos (ou a indicação
do norte geográfico), que serve para a orientação das diversas áreas do mapa; a escala, que serve
para informar o tamanho real do terreno em relação ao mapa; as projeções, que são as diferentes
formas de representar a superfície esférica da Terra no plano sob o qual vai ser elaborado o mapa etc.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 3

Observe a imagem:

fundamental 2 geografia 2016 q3 6 ano c1 p2

A imagem acima retrata as diversas camadas que compõem o planeta Terra, indo muito além da
região continental em que vivemos. Aponte e apresente as características da camada que se situa
abaixo da litosfera, região onde estão localizados os continentes.

Resposta: Logo abaixo da litosfera, que também é chamada de crosta terrestre e configura a superfície rochosa
que envolve o centro do planeta, pode-se encontrar a camada do manto. O manto possui estrutura
complexa: é formada por vários tipos de minerais sobre pressões e temperaturas altas, com a
presença do material que é expelido pelos vulcões quando esses estão em atividade. É subdividido
em manto superior e manto inferior. O primeiro está logo abaixo da litosfera e chega a registrar
temperaturas de 2.000 °C. O segundo apresenta temperaturas de até 3.000 °C e chega a uma
profundidade de 2.900 quilômetros, aproximadamente.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 25
Observe os mapas:

fundamental 2 geografia 2017 q25 6 ano c2 p1

O mapa 1 é uma carta náutica elaborada no século XVII, e o mapa 2 é um mapa político-administrativo
do Brasil, publicado em um atlas de 2012. As principais diferenças entre eles se devem:
a) ( ) ao fato de apenas o mapa 1 representar um espaço em tamanho real, sendo esse espaço
reduzido na representação do mapa 2.
b) ( ) ao avanço da Revolução Industrial, que permitiu uma representação do espaço mais precisa
no mapa 1 do que no mapa 2.
c) ( ) ao fato de o mapa 1 ser representado na forma de um globo terrestre, enquanto o mapa 2 é
um mapa-múndi.
d) ( ) ao fato de o mapa 2 ter sido feito por povos antigos, utilizando apenas técnicas de observação
direta.
e) ( ) à forma como foram produzidos, pois o mapa 2 apresenta maior precisão do que o mapa 1.

Resposta correta: E
Os mapas apresentaram um importante papel na história da humanidade, desde as civilizações
antigas, como os mesopotâmios, os romanos e os gregos, e também no período das Grandes
Navegações, a partir do século XV. Nesses períodos, os mapas eram construídos a partir da
observação direta e de instrumentos de observação. Atualmente, a produção cartográfica utiliza
tecnologia, como imagens de satélite e fotografias aéreas, para obter precisão na representação do
espaço. Por isso, o mapa 2 apresenta maior precisão nessa representação do que o mapa 1.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 26
O conhecimento atual sobre as causas do aquecimento do planeta Terra, chamado também de
aquecimento global, aponta que esse fenômeno ocorre devido:
a) ( ) à ampliação das áreas florestadas para uso econômico, como as plantações de eucalipto e
de pínus.
b) ( ) ao aumento do buraco da camada de ozônio, decorrente de um processo natural denominado
inversão térmica.
c) ( ) à mudança paulatina da translação da Terra, causando, assim, maior aproximação entre o
planeta e o Sol.
d) ( ) à ação humana, por meio do aumento da emissão de gases que intensificam o efeito estufa
na atmosfera terrestre.
e) ( ) à formação do efeito estufa por meio de séculos de explosões vulcânicas, que promoveram
a acumulação de gases na atmosfera.

Resposta correta: D
O efeito estufa é um processo natural que retém parte da radiação solar que chega até a atmosfera
terrestre, mantendo as temperaturas da Terra em um patamar que favorece a existência da vida no
planeta. Entretanto, pesquisas têm apontado a ação humana como responsável pelo aquecimento
excessivo do planeta, chamado de aquecimento global. Esse aumento nas temperaturas ocorre devido à
ampliação da emissão de gases que intensificam o efeito estufa, a qual tem sido cada vez maior desde o
período da Revolução Industrial. Essa grande quantidade de gases presente na atmosfera promove uma
retenção da radiação solar maior do que a normal, provocando elevação nas temperaturas do planeta.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 27

Observe a imagem a seguir:

fundamental 2 geografia 2017 q27 6 ano c2 p1
Disponível em: <www.dinamicambiental.com.br/blog/meio-ambiente/floresta-boreal-caracteristicas/>.
Acesso em: 6 jul. 2016.
Essa foto retrata uma vegetação de coníferas, típica da paisagem vegetal definida como floresta
boreal. Essa paisagem vegetal tem como característica:
a) ( ) seu desenvolvimento em regiões de climas frios, apresentando uma vegetação bem
homogênea.
b) ( ) seu desenvolvimento apenas no entorno de grandes lagos, devido à necessidade de água
dessa forma vegetal.
c) ( ) o fato de apresentar uma grande diversidade de espécies, sendo plantadas para a produção
de papel e celulose.
d) ( ) sua ocorrência restrita à América do Norte, devido aos aspectos climáticos dessa região.
e) ( ) a ampla diversidade de espécies vegetais de grande e pequeno porte.

Resposta correta: A
A taiga, ou floresta boreal, é composta homogeneamente de árvores lenhosas e de grande porte,
chamadas também de coníferas. Sua localização ocorre no Hemisfério Norte do planeta, abrangendo a
América do Norte, a Europa e a Ásia, estabelecendo-se em regiões de clima frio, com invernos longos.
O formato das árvores – semelhante a um cone – e das folhas – que são finas, pequenas e se parecem
com uma agulha – permite que esse tipo de vegetação apresente maior resistência ao clima frio.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 28
Leia o texto a seguir:
Esse processo tem início com a radiação solar que incide sobre a Terra. O calor provoca a
evaporação da água dos oceanos, dos rios e dos lagos, e também há evaporação de parte da
água presente no solo. A transferência da água da superfície terrestre para a atmosfera também
acontece por meio da evapotranspiração, que ocorre com a água presente em plantas e animais.
A sublimação, por sua vez, é a passagem direta da água da fase sólida (por exemplo, a água das
geleiras) para a de vapor. Depois que evapora, a água é transportada pelas massas de ar para
regiões mais altas da atmosfera. Lá em cima, ao ser submetido a baixas temperaturas, o vapor
se condensa e se liquefaz, é assim que surgem as nuvens. Quando a nuvem fica carregada de
pequenas gotas, estas se reúnem, formando gotas maiores que se tornam pesadas e caem sobre
a superfície terrestre. Dependendo da condição do clima (mais ou menos frio), a água pode chegar
ao solo em forma de chuva, granizo ou neve. A água que precipita sobre o planeta tem diferentes
destinos: uma parte cai diretamente nos reservatórios de água, como rios, lagos e oceanos; e outra
parte cai sobre o solo. Nesse caso, a água segue dois percursos diferentes. Uma quantidade escoa
sobre a superfície, alimentando lagos, rios e riachos que, por sua vez, desaguam no mar. Outra
parte infiltra-se no solo e nas rochas através de seus poros e fissuras, alimentando as reservas
subterrâneas de água, chamadas de lençóis freáticos.
Disponível em: <http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/bitstream/handle/mec/5033/index.html?sequence=8>.
Acesso em: 6 jul. 2016. (Adapt.).
O texto explica um processo natural imprescindível para a vida na Terra. Esse processo é chamado de:
a) ( ) tratamento da água, o qual promove a poluição e deve ser interrompido pelo homem.
b) ( ) captação da água e ocorre por meio da ação do homem, sem o qual a vida seria impossível.
c) ( ) ciclo da água, o qual possibilita a evaporação e a evapotranspiração e é determinado,
principalmente, pela ação do Sol.
d) ( ) ciclo da água, possibilitado pela variação da temperatura da atmosfera, que é determinada
pela dinâmica do interior da Terra.
e) ( ) tratamento da água, o qual é realizado por meio da ação do homem e permite o abastecimento
de água potável para a humanidade.

Resposta correta: C
O ciclo da água, ou ciclo hidrológico, é um dos processos naturais mais importantes para a
existência de vida na Terra. Esse processo ocorre por meio da incidência da energia solar, que
atinge a atmosfera terrestre e promove a evaporação da água presente em rios, lagos, oceanos e
outros corpos líquidos e a evapotranspiração, que acontece por meio da transpiração de animais
e plantas, levando água em estado gasoso para as camadas mais elevadas da atmosfera. Assim,
após a condensação da água que estava em estado gasoso, formam-se as nuvens, que podem
causar precipitações em forma de chuva, granizo ou neve, recomeçando o ciclo da água.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 1
Observe os mapas a seguir:
Projeção plana

fundamental 2 geografia 2017 q1 6 ano c2 p2

Projeção cilíndrica

fundamental 2 geografia 2017 q1b 6 ano c2 p2

Sabendo que esses dois mapas apresentam diferentes projeções cartográficas, apresente a
definição de projeção cartográfica.

Resposta: Projeção cartográfica é a forma de representação da Terra em uma superfície plana. Essa
representação pode ser feita de várias maneiras. Cada uma das diferentes projeções privilegia
alguns aspectos distintos em relação às demais, e é o autor do mapa quem seleciona quais aspectos
deseja destacar para o seu leitor.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 2
Observe o mapa a seguir:

Escassez física e econômica de água no mundo

fundamental 2 geografia 2017 q 6 ano c2 p2

Fonte: <http://waterdata.iwmi.org/Applications/Water_Scarcity_Map/>. Acesso em: 7 jul. 2016.

Esse mapa apresenta os tipos de escassez da água no globo terrestre. Sabe-se que essa escassez
tem origens físicas, derivadas da falta de fontes de abastecimento, ou econômicas, vinculadas à má
distribuição desse recurso. Quanto ao uso da água pela população mundial, aponte os principais
problemas que agravam essa escassez.

Resposta: Um dos principais problemas que agravam a escassez de água e estão relacionados ao uso desse
recurso é a falta de saneamento básico, que torna o tratamento do esgoto ineficaz; assim, os dejetos
residenciais, industriais e até mesmo da produção agrícola – que pode apresentar resíduos do
uso de agrotóxicos e fertilizantes – são despejados sobre os cursos d’água. Além disso, o crescimento
no consumo de água doce e seu desperdício contribuem para o agravamento da escassez
de água no mundo.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 3
Observe a imagem a seguir

fundamental 2 geografia 2017 q3 6 ano c2 p2

Disponível em: <www.gbeolchi.wordpress.com>. Acesso em: 7 jul. 2016.
Os rios são importantes cursos de água no meio continental e estabelecem contato com os mares
e oceanos, entre outros corpos líquidos. Identifique as principais partes que compõem um rio e
descreva seus aspectos.

Resposta: As principais partes que compõem um rio são: nascente, que é seu ponto de origem; curso,
chamado também de leito, que é o caminho percorrido pela água entre sua nascente e sua foz;
margens, que são as áreas no entorno do rio, de ambos os lados; e foz, local onde o rio deságua,
seja no mar, em outro rio, seja em algum outro corpo líquido.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 29
Observe a charge a seguir:

fundamental 2 geografia 2017 q29 6 ano c1 p1

Disponível em: <www.jornalnh.com.br/_conteudo/2015/10/noticias/regiao/230090-horario-deverao-
e-governo-dilma-nas-charges-deste-sabado.html>. Acesso em: 17 mar. 2017.
A charge apresentada faz humor com a mudança de horário que ocorre todos os anos no Brasil, entre
os meses de outubro e fevereiro, quando se acrescenta uma hora ao horário normal em alguns
estados. Essa mudança tem como objetivo principal
a) ( ) facilitar a ida ao trabalho para a população no período da manhã, pois, no verão, o dia amanhece
mais tarde.
b) ( ) incentivar o turismo, ao favorecer o aproveitamento do período da tarde, momento em que
estabelecimentos comerciais são mais frequentados.
c) ( ) melhorar a saúde da população, favorecendo a realização de atividades físicas após o trabalho,
com ampliação do horário de sol após as 19h.
d) ( ) ampliar o período útil do dia, tendo em vista que, no verão, os dias apresentam uma duração
menor, com 9 horas de sol.
e) ( ) promover a economia de energia, pois, nessa época, o período de claridade é maior, favorecendo
o aproveitamento da luz natural.

Resposta correta: E
No Brasil, o principal fator para a adoção do horário de verão é a economia de energia, tendo em vista
o aproveitamento da iluminação natural. Dessa forma, pode-se demorar mais tempo para acionar a
iluminação artificial.
Alternativa a: incorreta. No verão, o dia amanhece mais cedo, devido ao aumento do período de sol, o
que permite adiantar o relógio em uma hora e aproveitar o maior período de luminosidade.
Alternativa b: incorreta. Embora o horário de verão auxilie a atividade de turismo, tendo em vista o
aproveitamento do período de claridade, essa não é a razão motivadora para sua adoção.
Alternativa c: incorreta. Apesar de o horário de verão favorecer a prática de atividades físicas após o
horário normal de trabalho, devido ao aumento do período de claridade ao fim do dia, essa razão não
é a motivadora do horário de verão.
Alternativa d: incorreta. No verão, o período de claridade dos dias é mais longo do que no inverno, e
não o contrário.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 30
Localização das fossas oceânicas

fundamental 2 geografia 2017 q30 6 ano c1 p1

As fossas oceânicas são lugares onde os oceanos atingem as maiores profundidades. A fossa das
Marianas, por exemplo, localizada no Oceano Pacífico, é a maior fossa do mundo, atingindo mais
de 11 km de profundidade. As fossas oceânicas têm sua formação associada à(ao)
a) ( ) presença de rochas, como o calcário, frágeis e sujeitas ao intemperismo químico, que as
desintegra.
b) ( ) ação de cursos d’água que existiam há milhões de anos, antes da elevação do nível dos
oceanos.
c) ( ) ação das placas convergentes, que, ao se deslocarem uma sobre a outra, formam fendas
profundas.
d) ( ) ação das placas divergentes que, ao se afastarem uma da outra, criam fissuras no fundo
dos oceanos.
e) ( ) constante movimento das correntes marítmas, que não permitem deposição de sedimentos
nas fossas.

Resposta correta: C
As fossas marítimas têm sua formação relacionada à ação das placas convergentes, isto é, ao
encontro das placas tectônicas. Nesse movimento constante, uma placa entra por baixo da outra,
no sentido do manto terrestre, formando fissuras nessas zonas de encontro, o que dá origem às
fossas.
Alternativa a: incorreta. Apesar de o calcário ser uma rocha bastante suscetível ao intemperismo
químico, o assoalho marinho é constituído especialmente de rochas ígneas extrusivas.
Alternativa b: incorreta. É fato que os cursos d’água exercem uma ação erosiva por onde correm.
Entretanto, as fossas oceânicas são formações que estão relacionadas à tectônica de placas, e não
com a dinâmica dos rios que existiam no passado geológico da Terra. As fossas apresentam grandes
dimensões e não são formadas por ações erosivas.
Alternativa d: incorreta. A divergência de placas tectônicas no fundo oceânico é responsável pela
formação de fissuras por onde extravasa magma, ou seja, são áreas de atividade vulcânica intensa
e que resultam em cadeias montanhosas, tal como a Dorsal Mesoceânica do Atlântico.
Alternativa e: incorreta. As correntes marítimas não são responsáveis por grandes movimentações
de massa e sedimentos, não apresentando, assim, relação com as fossas.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 31
Observe a imagem:

fundamental 2 geografia 2017 q31 6 ano c1 p1

Disponível em: <https://noticias.uol.com.br/album/2012/08/15/garimpo-de-serra-pelada.htm>.
Acesso em: 17 mar. 2017.
A imagem anterior mostra o garimpo de Serra Pelada, localizado no sudeste paraense. Esse foi um
dos maiores garimpos brasileiros e atraiu milhares de pessoas que buscavam trabalho e riqueza. A
extração de minérios por meio do garimpo é caracterizada por ser
a) ( ) uma das formas de maior impacto ambiental, superior ao extrativismo industrial, devido aos
resíduos deixados pelos trabalhadores.
b) ( ) a opção adotada pela maioria das empresas extrativistas, devido ao baixo custo de extração,
tendo em vista o pouco uso de tecnologia.
c) ( ) promovida pelo Governo Federal, tendo em vista o alto número de empregos qualificados
gerados, promovendo desenvolvimento no país.
d) ( ) realizada de forma artesanal, com uso de instrumentos simples e substâncias como o mercúrio,
usado para retirar impurezas dos minerais extraídos.
e) ( ) empregada na extração de minerais como o ferro e o alumínio, de fácil obtenção e que não
necessitam do alto investimento da mineração industrial.

Resposta correta: D
A mineração realizada por meio do garimpo tem como principal característica o fato de ser realizada
de forma artesanal, com o uso de instrumentos simples, tal como a bateia e a peneira. Em muitos
casos, como na extração do ouro em Serra Pelada, o mercúrio, que é um metal tóxico, foi amplamente
utilizado. Sua finalidade era retirar as impurezas para obtenção do ouro puro.
Alternativa a: incorreta. Apesar dos impactos ambientais relacionados ao uso do mercúrio, os impactos
ambientais da mineração industrial tendem a ser maiores, tendo em vista a exploração em
larga escala. Além disso, existe o risco de desastres ambientais, como o caso de Mariana, em
Minas Gerais, ocorrido em novembro de 2015.
Alternativa b: incorreta. As grandes empresas extrativistas adotam, principalmente, a mineração
industrial, já que esta é realizada em larga escala e pode retirar minerais que o garimpo não teria
acesso, propiciando maior lucratividade.
Alternativa c: incorreta. O garimpo nunca foi uma prioridade do Governo Federal, sendo bastante
negligenciado ou, às vezes, combatido, devido às irregularidades, que são bastante comuns. Apenas
em 2008, foi aprovado o estatuto do garimpeiro, que estabelece algumas regras para o garimpo.
Alternativa e: incorreta. Os garimpos estão voltados principalmente à extração de ouro e diamante,
minerais que apresentam alto valor de mercado. Além disso, esses minerais podem ocorrer em
áreas próximas à superfície, facilitando o trabalho manual dos garimpeiros. Já no caso de outros
minerais, como o ferro e o alumínio, que relativamente têm menor valor de mercado, a extração é
feita em larga escala e requer o auxílio de maquinário pesado, geralmente não acessível aos garimpeiros.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 32
Os aquíferos podem variar bastante, tanto em volume de água quanto em extensão; no território
brasileiro, encontram-se dois dos maiores do mundo: o Guarani e o Alter do Chão. A considerar o
processo geológico que origina os aquíferos, estes podem ser definidos como
a) ( ) corpos d’água confinados no subsolo que não podem ser realimentados.
b) ( ) reservas de água superficiais, como rios e lagos, usados para consumo humano.
c) ( ) um conjunto de grandes lagos ou lagoas que conformam províncias hidrominerais.
d) ( ) reservas de água subterrâneas, que ocorrem apenas em locais com alta pluviosidade.
e) ( ) reservas subterrâneas de água, que fica armazenada no interior das rochas.

Resposta correta: E
Os aquíferos são reservas subterrâneas de água, em que esta fica contida no interior das rochas.
A água passa por processos de filtragem natural, apresentando alta pureza, sendo adequada para
consumo humano e uso comercial. Para se ter acesso a essas reservas, faz-se uso de poços artesianos,
que consistem em canais escavados até o reservatório subterrâneo.
Alternativa a: incorreta. Todo aquífero tem uma área na superfície identificada como área de recarga,
que é exatamente por onde o aquífero é constantemente realimentado.
Alternativa b: incorreta. Os aquíferos são reservatórios de água que estão abaixo da camada superficial
do solo, isto é, são subterrâneos.
Alternativa c: incorreta. Apesar de também existirem lagos que são subterrâneos, os aquíferos armazenam
a água no interior das rochas.
Alternativa d: Embora a chuva auxilie na formação dos aquíferos, estes não se restringem às áreas
de alta pluviosidade, uma vez que podem apresentar grande extensão e servir como reserva hídrica
para atender áreas mais secas, que tem baixa pluviosidade. A chuva é um fator importante para formação
e conservação dos aquíferos, mas principalmente quando ela ocorre nas áreas de recarga.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 33
Leia o texto:
Cientistas da Organização Meteorológica (OMM) alertaram que há uma possibilidade de que
um novo fenômeno El Niño seja formado ainda este ano.
[…]
Há 40% de chances de que o evento climatológico volte a ocorrer nos próximos meses. No
entanto, são maiores as expectativas de que 2017 termine em condições neutras – ou seja, sem a
interferência de fenômenos naturais globais sobre a temperatura.
Disponível em: <http://oglobo.globo.com/sociedade/climatologistas-alertam-que-novo-el-nino-podese-
formar-ainda-este-ano-20936821#ixzz4aZD0ekIi>. Acesso em: 17 mar. 2017.
O El Niño é um fenômeno climático importante, capaz de modificar a dinâmica climática terrestre.
Esse fenômeno cíclico
a) ( ) consiste em um resfriamento das águas do Atlântico, que impacta, fortemente, os países do
oeste europeu.
b) ( ) caracteriza-se por um aumento de temperatura das águas do Pacífico, principalmente nas
áreas próximas ao litoral da América do Sul.
c) ( ) caracteriza-se por um aumento de temperatura das áreas continentais, principalmente da
América do Sul, aumentando as chuvas na região.
d) ( ) tem sua origem no sul do globo, com a migração de uma corrente marítima que passa a
resfriar o Pacífico.
e) ( ) tem grande importância econômica, pois, com o resfriamento do Oceano Pacífico, há um
aumento de peixes.

Resposta correta: B
O El Niño é um fenômeno climático que atinge diretamente o Oceano Pacífico, principalmente as
áreas da costa próximas à América do Sul. Trata-se de um aumento de temperatura das águas, o que
faz com que haja uma diminuição no número de peixes da região. Ocorre em um período que varia
de 2 a 7 anos e influencia o clima mundial como um todo, modificando as temperaturas e o regime de
chuvas.
Alternativa a: incorreta. O El Niño não causa resfriamento nas águas do Atlântico, mas pode implicar
um inverno mais frio nas regiões do Leste Europeu.
Alternativa c: incorreta. O El Niño é um fenômeno oceânico, mas que influencia o clima das áreas
continentais, criando alterações na dinâmica natural.
Alternativa d: incorreta. As causas do El Niño não são completamente conhecidas, mas se localizam
na região leste do Pacífico.
Alternativa e: incorreta. Há, com o El Niño, uma redução da disponibilidade de peixes, causada pelo
aquecimento das águas. Por essa razão, o El Niño interfere diretamente na indústria pesqueira de
países do Oeste da América do Sul.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO  1
Observe a imagem a seguir e leia o texto para responder à questão:

fundamental 2 geografia 2017 q1 6 ano c1 p1

No final dos anos 40 e na década seguinte, expedições constituídas principalmente por pesquisadores
das universidades de Columbia e Princeton (EUA) mapearam o fundo do Oceano Atlântico […].
Esses trabalhos permitiram cartografar uma enorme cadeia de montanhas submarinas, denominadas
Dorsal ou Cadeia Meso-Oceânica […]. Essa cadeia de montanhas emerge na Islândia, onde
seus habitantes levam uma vida pacata, mas frequentemente afetada por sismos e vulcanismo.
W. Teixeira, et al. Decifrando a Terra. São Paulo: Oficina de textos, 2000. p. 100.
Na Islândia, os frequentes abalos sísmicos e erupções vulcânicas estão relacionados ao processo
geológico que originou a Dorsal Atlântica. Explique o funcionamento desse processo geológico e
sua relação com a ocorrência de sismos e vulcanismo.

Resposta: A Dorsal Atlântica encontra-se no limite de divergência entre as placas Norte-Americana e Euroasiática,
sendo, portanto, uma zona de forte atividade sísmica e vulcânica. Nos limites divergentes,
as placas tectônicas afastam-se uma da outra, ocasionando uma expansão do assoalho oceânico,
devido à liberação de magma na superfície. Essa intensa atividade vulcânica é que dá origem à
cadeia de montanhas que formam a Dorsal, ou Cadeia Meso-Oceânica, sendo a Islândia uma parte
dessa cadeia que emergiu na superfície oceânica.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 2
Observe a ilustração a seguir:

fundamental 2 geografia 2017 q2 6 ano c1 p2

De acordo com as informações representadas na ilustração, pode-se constatar que a área rural e
a área urbana apresentam diferenças quanto à temperatura da superfície e à quantidade de água
que infiltra no solo. Explique o porquê dessas diferenças, considerando as formas de uso da terra
(superfície) no campo e na cidade.

Resposta: Ao considerar as informações representadas na ilustração, pode-se observar que a área urbana
apresenta uma temperatura mais elevada que a do campo, pois, nas cidades, há maior concentração
de veículos e construções, absorvendo, assim, mais calor e contribuindo para o aumento da
temperatura local – condições que caracterizam a formação das ilhas de calor. Soma-se a isso a
impermeabilização do solo devido à presença do asfalto e do concreto, os quais, além de influenciar
o aumento da temperatura, também interferem na quantidade de água que infiltra no solo. Enquanto
isso, na área rural, a maior presença de árvores e a menor quantidade de construções contribuem
para ocorrência de temperaturas mais amenas, além de favorecer a maior infiltração de água no
solo.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 3
Leia os textos a seguir:
Texto I
A temperatura do planeta subirá quase 5 graus Celsius (ºC) até 2100, afirma a previsão
mais pessimista do novo relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas […].
A concentração de gases cresceu a níveis sem precedentes, especialmente a de CO2 […]. Além
disso, esse provável aumento de temperatura também vai provocar fenômenos extremos com mais
frequência.
“Temperatura do planeta pode subir quase 5 ºC até fim do século, estima IPCC”. UOL, 27 set. 2013. Disponível em:
<https://noticias.uol.com.br/meio-ambiente/ultimas-noticias/redacao/2013/09/27/temperatura-do-mundo-pode-subir-ate-48c-no-seculo-
21-estima-ipcc.htm>. Acesso em: 9 maio 2017
Texto II
Com 40 anos de experiência em estudos do clima no planeta, o meteorologista da Universidade
Federal de Alagoas Luiz Carlos Molion apresenta ao mundo o discurso inverso ao apresentado pela
maioria dos climatologistas. […] Diz que há manipulação dos dados da temperatura terrestre e garante:
a Terra vai esfriar nos próximos 22 anos.
Carlos Madeiro. “Não existe aquecimento global, diz representante da OMN na América do Sul”. UOL, 11 dez. 2009. Disponível em:
<https://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/redacao/2009/12/11/nao-existe-aquecimento-global-diz-representante-da-omm-naamerica-
do-sul.htm?cmpid=copiaecola>. Acesso em: 9 maio 2017.
Considerando as posições defendidas nos textos I e II, aponte as principais diferenças de interpretação
a respeito do fenômeno de aquecimento global.

Resposta: O texto I relaciona o aquecimento global à ação humana. Segundo essa teoria, o aumento da
temperatura terrestre – que tem modificado a dinâmica climática – tem origem na ampliação das
emissões de CO2 decorrentes das atividades humanas. Esse fenômeno estaria relacionado com o
crescimento da atividade industrial e da queima de combustíveis fósseis, ampliando o efeito estufa
no planeta. Já o texto II apresenta um ponto de vista contrário à teoria do aquecimento global enquanto
um processo antropogênico: defende a posição de que o aumento da temperatura da Terra
não está relacionado à ação humana, uma vez que se trata de um fenômeno natural.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 29
Observe o mapa a seguir:

fundamental 2 geografia 2017 q29 6 ano c2 p1

Secretaria da Educação do Paraná – Governo do estado do Paraná. Disponível em: <www.geografia.
seed.pr.gov.br/modules/galeria/detalhe.php?foto=338&evento=5>. Acesso em: 6 jul. 2017.
A área em destaque refere-se à localização original de uma paisagem vegetal do Brasil, que é caracterizada
como
a) ( ) cerrado: áreas florestais densas e com vegetação de grande porte.
b) ( ) floresta amazônica: grande área de vegetação densa e ombrófila.
c) ( ) caatinga: espécies de cactos, típica de clima seco.
d) ( ) savana: formada por arbustos e gramíneas.
e) ( ) mata atlântica: floresta com grande biodiversidade e densidade vegetal.

Resposta correta: E
O mapa refere-se à mata atlântica, também chamada de floresta tropical atlântica. Essa floresta é
típica do clima tropical úmido e, por isso, apresenta grande biodiversidade e densidade na sua vegetação.
Sua área original foi quase completamente destruída pelo processo de colonização, e, atualmente,
seus remanescentes estão ameaçados pela atividade agrícola e pela expansão da urbanização.
Hoje, restam apenas 10% da vegetação original.
Alternativa a: incorreta. O cerrado está localizado na porção central do Brasil e tem como características
o clima tropical típico e vegetação de médio e pequeno porte com árvores de troncos tortuosos.
Alternativa b: incorreta. A floresta amazônica é, como afirma a alternativa, uma grande área de vegetação
densa e ombrófila. É marcada por grande quantidade de chuvas ao longo de todo o ano e possui
vegetação de grande porte. Porém, ela está localizada na porção norte do país.
Alternativa c: incorreta. A caatinga está localizada, predominantemente, no Nordeste brasileiro e se
caracteriza pela presença de cactos adaptados ao clima semiárido.
Alternativa d: incorreta. Savana é o bioma típico de áreas de climas tropicais do continente africano.
Ela é marcada pela presença de gramíneas, arbustos e árvores espaçadas.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 30
Leia a letra da canção a seguir:
Asa Branca
Quando olhei a terra ardendo igual fogueira de São João,
Eu perguntei a Deus do céu, ai! Por que tamanha judiação.
Que braseiro, que fornalha! Nem um pé de plantação.
Por falta d’água perdi meu gado, morreu de sede meu alazão.
Até mesmo a asa branca bateu asas do sertão.
Depois eu disse, adeus Rosinha! Guarda contigo meu coração.
Humberto Teixeira; Luiz Gonzaga.
Essa canção popular retrata a vida e o ambiente de uma importante paisagem brasileira, denominada
a) ( ) cerrado.
b) ( ) caatinga.
c) ( ) pampa.
d) ( ) mata de cocais.
e) ( ) savana.

Resposta correta: B
A paisagem descrita na letra da canção é a caatinga, localizada no Nordeste brasileiro, que se caracteriza
pela presença de cactos adaptados ao clima semiárido. Na música, o trecho que menciona
a falta de água refere-se ao clima seco, com poucas chuvas ao longo do ano, principalmente no
chamado sertão nordestino.
Alternativa a: incorreta. O cerrado tem características de clima tropical típico. Isso significa que, ao
longo do ano, existe uma estação seca bem definida; mas diferente do que acontece na caatinga,
em que prevalece o clima seco, com poucas chuvas ao longo do ano, no cerrado não existe uma
época anual em que chove muito.
Alternativa c: incorreta. O pampa, também chamado de prado, é uma formação de campos naturais
com solos férteis, geralmente em áreas planas. Nessa formação vegetal, há predomínio de
chuvas bem distribuídas ao longo do ano, o que descaracteriza um ambiente seco e com escassez
de água, como diz a letra da canção.
Alternativa d: incorreta. A mata de cocais corresponde a uma área de transição entre o Norte e Nordeste
do Brasil. Desse modo, é possível identificar climas totalmente diferentes, como o equatorial
superúmido e o semiárido. Nessa formação vegetal, a presença de água se faz mais constante do
que na caatinga, já que a ocorrência de chuvas é maior ao longo do ano.
Alternativa e: incorreta. A savana africana é equiparada, em partes, a duas paisagens vegetais
brasileiras: o cerrado e a caatinga. Ela se distingue especialmente da caatinga, pela quantidade de
umidade: a caatinga é mais seca por estar no clima tropical semiárido.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 31
Leia o trecho a seguir:
[…] algo dinâmico e unitário, onde se reúnem materialidade e ação humana. Seria o conjunto
indissociável de sistemas de objetos, naturais ou fabricados, e de sistemas de ações, deliberadas
ou não. A cada época, novos objetos e novas ações vêm juntar-se às outras, modificando o todo,
tanto formal quanto substancialmente.
Milton Santos. Técnica, espaço, tempo: globalização e meio técnico-científico informacional. São Paulo: Edusp, 2008.
Ao mencionar o “conjunto indissociável de sistemas de objetos, naturais ou fabricados, e de sistemas
de ações”, o autor refere-se ao importante conceito e objeto de estudo da Geografia, entendido como
a) ( ) espaço geográfico.
b) ( ) rugosidade espacial.
c) ( ) espaço natural.
d) ( ) espaço urbano.
e) ( ) espaço rural.
Resposta correta: A
Espaço geográfico (conjunto indissociável de sistemas de objetos e ações) é o objeto de estudo
da ciência geográfica e se caracteriza pelo espaço de relação entre o homem (objetos fabricados)
e o meio – espaço natural (objetos naturais) –, que acaba sendo transformado pela ação humana.
O espaço geográfico possui diferentes categorias de análise, tais como território, lugar, paisagem
e região. Dessa forma, ele pode ser compreendido como o “conjunto indissociável de sistemas de
objetos, naturais ou fabricados, e de sistemas de ações”, conforme indica o texto.
Alternativa b: incorreta. Rugosidade espacial refere-se a objetos construídos no passado histórico
que persistem ao tempo; são acúmulos de tempo no espaço.
Alternativa c: incorreta. Espaço natural é tudo aquilo que existe no planeta e que não tenha sofrido
interferência humana, seja de criação ou de adaptação. Em outras palavras, o espaço natural antecede
o espaço geográfico.
Alternativa d: incorreta. Espaço urbano é aquele em que se desenvolvem as cidades e que concentra
atividades econômicas como indústrias, comércios e serviços. O espaço urbano, que é construído
pela ação humana, faz parte de algo maior, isto é, está inserido no espaço geográfico.
Alternativa e: incorreta. Espaço rural é o mesmo que campo: áreas não urbanizadas, destinadas
a atividades de agricultura, pecuária e extrativismo. Da mesma forma que acontece com o espaço
urbano, o espaço rural faz parte do espaço geográfico.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 32
Observe a imagem:
Distribuição dos Ciclones Tropicais

fundamental 2 geografia 2017 q32 6 ano c2 p1

Disponível em: <https://www.researchgate.net/figure/276151563_fig7_Fig-7-Map-of-the-globaldistribution-
of-Cochlodinium-spp-red-tides-and-tropical>. Acesso em: 10 abr. 2017.
Os ciclones tropicais recebem diferentes nomes, a depender da região do globo em que se formam:
tufões, furacões ou ciclones. Esse fenômeno meteorológico tem sua origem relacionada
a) ( ) à proximidade com as regiões costeiras, tendo em vista o bloqueio das massas de ar pelas
serras do mar presentes nessas regiões.
b) ( ) à diferença de temperatura entre mar e continente, este último mais frio, fazendo com que
aconteçam grandes tempestades.
c) ( ) às correntes marítimas que resfriam as águas e geram, assim, uma diferença de temperatura
com a atmosfera, predominantemente quente.
d) ( ) ao período do inverno, em que há uma queda de temperatura da atmosfera e condensação
das partículas de água, formando grandes tempestades.
e) ( ) ao aumento da temperatura das águas superficiais oceânicas, criando uma área de baixa
pressão atmosférica, que atrai os ventos para essa área.

Resposta correta: E
Os ciclones tropicais têm sua origem quando ocorre um aquecimento das águas superficiais em
algumas áreas dos oceanos, promovendo a diminuição da pressão atmosférica nessas áreas e a
criação de uma zona de baixa pressão. Os ventos ao redor passam a ser atraídos para essas áreas
na forma de espirais, devido à diferença de pressão, formando os ciclones.
Alternativa a: incorreta. Os ciclones ocorrem em regiões oceânicas, e não no contato com regiões
costeiras.
Alternativa b: incorreta. As diferenças de temperatura, em virtude da influência da maritimidade e da
continentalidade, não promovem a formação de furacões.
Alternativa c: incorreta. Os ciclones são formados devido à elevação das temperaturas na superfície
oceânica, e não à redução dessas temperaturas.
Alternativa d: incorreta. Os ciclones são mais comuns no período do verão, devido às maiores temperaturas
nesse período.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 33
Leia o texto a seguir:
A expressão “fuga de cérebros” faz referência aos profissionais especializados em áreas do
mercado de trabalho dotados de um alto conhecimento em seu campo profissional e que migram
de países pobres ou com poucas oportunidades laborais para centros mais desenvolvidos que
carecem de suas habilidades.
Disponível em: <www.infoescola.com/trabalho/fuga-de-cerebros/>. Acesso em: 7 jul. 2017.
O processo descrito como “fuga de cérebros” está relacionado a(à)
a) ( ) grande diversidade de trabalho em áreas tecnológicas nos países subdesenvolvidos.
b) ( ) concentração tecnológica e científica nos países desenvolvidos.
c) ( ) ausência de instituições de ensino e de pesquisas em países como o Brasil.
d) ( ) um tipo de imigração forçada por condições econômicas e sociais precárias.
e) ( ) imigração de pessoas de forma ilegal para países desenvolvidos.

Resposta correta: B
O fator motivacional da “fuga de cérebros” é a enorme concentração tecnológica e científica nos
países desenvolvidos, fazendo com que muitos pesquisadores, de diversas áreas, imigrem para
os países onde a valorização da tecnologia e da ciência é maior, o que, quase sempre, garante
melhores condições de vida e maior remuneração.
Alternativa a: incorreta. Ao contrário do que traz a alternativa, nos países subdesenvolvidos, existe
pouca, ou nenhuma, diversidade de trabalho em áreas de tecnologia e pesquisa científica, o que inibe
a atuação de profissionais altamente qualificados. Por isso, eles são atraídos por melhores oportunidades
em países em que há diversidade nessas áreas, como os países desenvolvidos.
Alternativa c: incorreta. Os países subdesenvolvidos e em desenvolvimento, como o Brasil, possuem
instituições de ensino que valorizam e incentivam pesquisas tecnológicas, como a Universidade de
São Paulo (USP). Entretanto, os países subdesenvolvidos não investem fortemente seus recursos
nessas áreas, ou seja, a tecnologia gerada concentra-se nos países ricos e desenvolvidos. Com falta
de investimento e áreas para atuação, muitos profissionais especializados preferem migrar para outros
países, onde podem encontrar oportunidades de crescimento e reconhecimento.
Alternativa d: incorreta. A imigração forçada é o movimento populacional feito por coerção ou violência,
que não é o caso da “fuga de cérebros”. Na verdade, a “fuga de cérebros” ocorre devido à falta de
oportunidade de trabalho e de desenvolvimento profissional para os que são altamente qualificados.
Alternativa e: incorreta. A imigração ilegal também não está relacionada a esse tipo de situação, pois
os profissionais que imigram são bem recebidos nos países desenvolvidos; muitos, inclusive, possuem
programas de estudos para atrair esses profissionais.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 1

Observe os climogramas:

Fonte: Educaplus.org. “Diagramas climáticos”. Educaplus.org.
Disponível em: <www.educaplus.org/climatic/cmg_db.php?estacion=833770>. Acesso em: 16 dez. 2015.

Petrolina – PE

fundamental 2 geografia 2017 q1b 6 ano c2 p2

Fonte: Climate-data.org. Disponível em: <http://pt.climate-data.org/location/31938/>. Acesso em: 14 jan. 2016.
Mencione os dois tipos climáticos mostrados em cada um dos climogramas e indique quais são as
características da paisagem em que esses climas ocorrem.

Resposta: O primeiro climograma apresenta características do clima tropical, que é comum no Centro-Oeste
do Brasil, onde há a paisagem do cerrado. Esse tipo de vegetação é caracterizada por árvores
pequenas, arbustos espaçados e gramíneas, sendo parecida com a savana africana. Entretanto, o
clima do cerrado brasileiro é um pouco mais úmido, contribuindo para que sua vegetação seja mais
verde e possua um número maior de árvores, principalmente nas proximidades dos rios, formando
a mata ciliar.
Já o segundo climograma representa o clima tropical semiárido, característico do Sertão nordestino,
onde há a vegetação de caatinga. Nesse tipo de paisagem, é comum que as plantas tenham folhas
pequenas ou espinhos, casca grossa e caule fino, que nada mais são do que adaptações ao clima
seco dessa região para minimizar a perda de água.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 2
Observe o gráfico e leia o texto a seguir para responder à questão:
Taxa de desemprego

fundamental 2 geografia 2017 q2 6 ano c2 p2

IBGE. Disponível em: <goo.gl/xmnz3h>. Acesso em: 9 ago. 2017.
Esperar aquela ligação que nunca vem. Deixar currículos pela cidade, ir a dezenas de entrevistas,
voltar sem nada. A frustração é comum a milhares de brasileiros em busca de trabalho em
meio à crise econômica atual.
“Como os brasileiros lidam com o desemprego?”. CartaCapital. Disponível em: <goo.gl/RsmA7y>.
Acesso em: 9 ago. 2017. (Adapt.).
O desemprego é a condição de pessoas que estão aptas a trabalhar, mas que, por algum motivo,
estão sem trabalho. Dentre as causas do desemprego, destacam-se as crises econômicas, a baixa
qualificação dos trabalhadores e o avanço tecnológico. Além disso, dependendo das suas causas,
o desemprego pode ser classificado de formas diferentes. Identifique e explique as formas de desemprego
estrutural e conjuntural e explique qual delas representa o cenário mostrado pelo gráfico
e pelo texto da questão.

Resposta: O desemprego estrutural, também chamado de tecnológico, é o que ocorre quando determinadas
funções deixam de existir ou passam a ser desempenhadas por máquinas. Atualmente, muitas
empresas trocam seus funcionários ou reduzem o número deles e passam a utilizar máquinas e
equipamentos. Alguns exemplos disso são a utilização de robôs na indústria automotiva, o uso de
caixas eletrônicos em bancos e a implementação de autoatendimento em supermercados. Já o
desemprego conjuntural, também chamado de desemprego cíclico, mostrado no gráfico e no texto,
está relacionado a crises econômicas, com a diminuição das vagas de emprego, a demissão em
massa dos trabalhadores e a retração do mercado econômico.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 3
Leia o texto:
O Brasil sempre se destacou no cenário nacional pela sua grande capacidade como produtor
de alimentos. O que boa parte da população desconhece é que essa produção está ancorada na
agricultura familiar, que, […] até pouco tempo, caminhou em passos tímidos. Nos dias atuais, […] o
segmento está sendo reformulado e em franco crescimento. O que servia apenas para subsistência
da família tornou-se uma opção de negócio, gerando renda, emprego e abrindo novos mercados
para pequenos e médios agricultores. […]
Disponível em: <www.fetaemg.org.br/agriminas2010/forca_mg.html>. Acesso em: 9 ago. 2017. (Adapt.).
Considerando a importância da agricultura familiar, aponte as características desse modelo de
produção agropecuária.

Resposta: A agricultura familiar ocupa médias e pequenas propriedades e aplica técnicas tradicionais de
adubação, além de utilizar pouca tecnologia e maquinário, se comparada ao agronegócio. Os
agricultores dirigem o processo produtivo em que, na maioria das vezes, pratica-se a policultura
(cultivo de diferentes produtos). Por vezes, há também a criação de animais. Com isso, aumenta a
possibilidade de comercialização, e uma atividade possivelmente complementa a outra. A produção
é voltada para a subsistência da família e para o mercado local. Recentemente, alguns produtores
familiares têm ampliado seus negócios e utilizado algumas técnicas de aumento de produtividade,
comercializando suas produções com indústrias alimentícias e redes de supermercados.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 34
Observe a imagem a seguir:

fundamental 2 geografia 2018 q34 6 ano c1 p1

Mark Garlick. Disponível em: <https://go.nasa.gov/2viuhmN>. Acesso em: 16 abr. 2018.
A imagem representa a galáxia chamada Via Láctea. As galáxias são
a) ( ) os espaços existentes entre os corpos celestes, preenchidos pelo vácuo.
b) ( ) também chamadas de cosmos, estudadas pela Cosmologia, ciência que estuda a evolução do
Universo.
c) ( ) formadas por corpos celestes como planetas, estrelas e poeira cósmica.
d) ( ) nomeadas a partir de descobertas, como a Andrômeda, galáxia onde se encontra o Sistema
Solar e a Terra.
e) ( ) estáticas no Universo, conforme comprovou Edwin Hubble em seus estudos sobre Cosmologia.

Resposta correta: C
As galáxias são sistemas formadas por vários corpos celestes — como planetas, estrelas e poeira cósmica
— gravitacionalmente ligados.
Alternativa A: incorreta. As galáxias não são o espaço que existe entre os corpos celestes. Tal característica
se refere ao espaço sideral, sendo sua maior parte o vácuo, um espaço vazio.
Alternativa B: incorreta. As galáxias não são chamadas de cosmos, é o Universo que recebe essa denominação.
Logo, “cosmos” é tudo que existe à nossa volta, o espaço sideral, as galáxias e todos os corpos
celestes. A partir do estudo do Universo é que se desenvolveu a ciência chamada de Cosmologia.
Alternativa D: incorreta. Conforme as galáxias são descobertas, elas vão sendo nomeadas. No entanto,
a galáxia onde se encontra o Sistema Solar e o planeta Terra é chamada Via Láctea, não Andrômeda.
Andrômeda é a galáxia mais próxima à nossa e foi descoberta pelo astrônomo Edwin Hubble.
Alternativa E: incorreta. Edwin Hubble comprovou que as galáxias estão se afastando umas das outras
em uma velocidade constante no Universo.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 35
Observe a imagem a seguir:

fundamental 2 geografia 2018 q35 6 ano c1 p1

Fonte: Introdução à cartografia. IBGE, 2018. Disponível em: <https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv44152_cap2.pdf>.
Acesso em: 29 mar. 2018.
A partir da imagem, é correto afirmar que a latitude:
a) ( ) varia de 0° a 180° para o norte e para o sul.
b) ( ) é medida em relação à linha do Equador.
c) ( ) divide o mundo entre hemisfério oriental e hemisfério ocidental.
d) ( ) varia de 0° a 90° a leste e a oeste.
e) ( ) é a distância, em graus, até o Meridiano de Greenwich

Resposta correta: B
A latitude é o ângulo formado entre a Linha do Equador, o ponto em que o eixo norte-sul intercepta o
plano em que está a Linha do Equador e um ponto na superfície da Terra. A latitude varia em 90° para
o norte e para o sul.
Alternativa A: incorreta. A latitude varia de 0º a 90º ao norte e ao sul, e não 180º como mencionado
na alternativa. Esse fato se deve ao achatamento dos polos.
Alternativa C: incorreta. O que divide o mundo entre hemisfério oriental e hemisfério ocidental é o
Meridiano de Greenwich, que determina a longitude.
Alternativa D: incorreta. Seus valores variam em graus de 0º a 90º norte e de 0º a 90º sul, a partir da
linha do Equador. É a longitude que varia de 0º a 180º leste e oeste.
Alternativa E: incorreta. A distância em graus até o Meridiano de Greenwich é chamada longitude.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 36
Leia o texto a seguir:
De acordo com a notável teoria da tectônica de placas, a litosfera não é uma casca contínua; ela
é quebrada em cerca de 12 grandes “placas” que se movem sobre a superfície terrestre com taxas de
alguns centímetros por ano. Cada placa atua como uma unidade rígida distinta que se move sobre a
astenosfera, a qual também está em movimento.
J. Grotzinger; T. Jordan. Para entender a Terra. 6a ed. Editora Bookman, p. 768.
O movimento de placas tectônicas origina diferentes formas de relevo. Sobre esse assunto, é correto
afirmar que
a) ( ) o movimento divergente produz o mecanismo de subducção de placas tectônicas.
b) ( ) as montanhas são resultantes do movimento divergente de placas tectônicas.
c) ( ) as fossas oceânicas são fendas formadas no movimento tangente de placas.
d) ( ) as ilhas vulcânicas são formadas somente pelo movimento convergente de placas tectônicas.
e) ( ) a Dorsal Atlântica é formada pelo movimento divergente de placas tectônicas.

Resposta correta: E
A Dorsal Atlântica é fruto da separação (divergência) tectônica das placas de Nazca e Placa Sul-Americana.
Alternativa A: incorreta. O movimento convergente produz o mecanismo de subducção de placas
tectônicas ao formarem dobramentos modernos.
Alternativa B: incorreta. As montanhas são resultantes do movimento convergente entre placas tectônicas.
São as porções mais elevadas da superfície e podem ser chamadas de dobramentos modernos.
Alternativa C: incorreta. As fossas oceânicas são fendas formadas no movimento convergente de placas
tectônicas, no qual uma placa escorrega por baixo da outra no processo de subducção.
Alternativa D: incorreta. As ilhas vulcânicas também são formadas pelo movimento divergente de
placas tectônicas, quando o derramamento de lava ocorre no fundo oceânico e pode formar uma ilha.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 37
Observe a imagem que retrata o ciclo das rochas.

fundamental 2 geografia 2018 q37 6 ano c1 p1

Disponível em: <https://bit.ly/2H3lxWP>. Acesso em: 16 abr. 2018.
As rochas são produtos consolidados, resultantes da união natural de minerais, e têm seus cristais
ou grãos constituintes muito bem unidos. Além disso, são divididas em três grupos: magmáticas,
metamórficas e sedimentares.
Wilson Teixeira; Thomas Rich Fairchild; M. Cristina Motta de Toledo; Fabio Taioli. Decifrando a Terra. 2a ed. Companhia
Editora Nacional: São Paulo, 2009. (Adapt.)
Sobre as rochas e seu ciclo, conclui-se corretamente que
a) ( ) a rocha metamórfica é formada quando o magma resfria.
b) ( ) as rochas sedimentares originam-se principalmente da consolidação de sedimentos.
c) ( ) a erosão e o intemperismo dão origem às rochas denominadas magmáticas.
d) ( ) o resfriamento magmático dentro da crosta terrestre forma rochas sedimentares.
e) ( ) o aumento da pressão e da temperatura possibilitam a formação de rochas sedimentares.

Resposta correta: B
As rochas sedmentares originam-se da consolidação e compactação de sedimentos. O calcário é um
exemplo desse tipo de rocha.
Alternativa A: incorreta. Segundo o esquema apresentado, a rocha que resulta do resfriamento do
magma é a magmática.
Alternativa C: incorreta. A erosão (transporte) e o intemperismo (desgaste físico, químico ou biológico)
dão origem às rochas denominadas sedimentares.
Alternativa D: incorreta. As rochas sedimentares são formadas pelo acúmulo de sedimentos ao longo
dos anos.
Alternativa E: incorreta. O aumento da pressão e da temperatura possibilitam a formação de rochas
metamórficas. Elas se originam a partir de rochas já existentes.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 38
O minério pode ser extraído da natureza por diversos processos, ser transformado de muitas maneiras
diferentes e ser utilizado pela sociedade em uma infinidade de situações; ele também é capaz de
poluir de muitas maneiras.
A respeito da cadeia de produção do minério (desde a extração, passando pelo uso e chegando ao
descarte de resíduos) pode-se dizer que
a) ( ) o minério de ferro passa por processos de transformação que são realizados em indústrias
como as metalúrgicas.
b) ( ) o mercúrio é utilizado na extração industrial do ouro para separar as impurezas desse minério.
c) ( ) a mineração do garimpo é um técnica que utiliza explosões e obtém grandes quantidades de
minério.
d) ( ) a atividade mineradora não altera ou modifica a paisagem das áreas próximas à sua extração.
e) ( ) a extração artesanal nos processos de mineração geram maior investimento e provocam maior
impacto ambiental.

Resposta correta: A
A transformação do minério de ferro é realizada em indústrias como as metalúrgicas, responsáveis
pelo derretimento e preparo do ferro e de outros minerais metálicos.
Alternativa B: incorreta. No garimpo do ouro, utiliza-se o mercúrio para separar as impurezas, porém,
na extração industrial, o processo utilizado para extrair ouro a partir de minério bruto retirado do solo
é a cianetação do ouro.
Alternativa C: incorreta. A extração industrial, e não o garimpo, é um técnica que se utiliza de explosões
que permitem a retirada em grande escala e, assim, podem obter grandes quantidades de minério.
Alternativa D: incorreta. A atividade mineradora pode alterar ou modificar a paisagem das áreas próximas
à sua extração; além de poluir rios e mares, destroem nascentes e causam migração forçada das
famílias que vivem nessas áreas.
Alternativa E: incorreta. É a extração industrial nos processos de mineração que gera maior investimento
e provoca maior impacto ambiental. Na extração artesanal, o dano ambiental é menor, pois a
exploração se dá em pequena escala.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 1
Observe a imagem a seguir.

fundamental 2 geografia 2018 q1 6 ano c1 p2

A imagem ilustra uma paisagem antropogênica, ou seja, uma paisagem construída pela ação humana.
A ação humana sobre a natureza produz uma série de impactos ambientais que, em uma sociedade
cada vez mais urbano-industrial, aceleram e intensificam as mudanças ambientais.
a) Explique como o lixo produzido pela ação humana influencia na ocorrência de enchentes.
b) Cite três outros efeitos ambientais associados à ação antropogênica.

Resposta:

a) Com o aumento do volume das chuvas, o lixo descartado de maneira inadequada pode ir parar
nas galerias e nos sistemas de drenagem, dificultando a vazão e prejudicando o escoamento da
água. Consequentemente, o volume de água aumenta, de modo a transbordar e invadir as vias
e as casas. Em casos extremos, as enchentes causam grande destruição e deixam um grande
número de pessoas desabrigadas.
b) Crise hídrica, poluição atmosférica, extinção das espécies, destruição de hábitats, acidificação
oceânica, contaminação radioativa, degradação do solo, contaminação química etc.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 2
Observe a charge a seguir.

fundamental 2 geografia 2018 q2 6 ano c1 p2

Considerando a charge, responda ao que se pede.
a) A charge faz referência a qual movimento da Terra? Explique-o.
b) Na verdade, esse movimento pode ser facilmente percebido pelas pessoas na Terra. Indique uma
maneira para identificar que ele existe.

Resposta:

a) A charge faz referência ao movimento de rotação da Terra. O movimento de rotação é o movimento
da Terra em torno de si mesma, de oeste para leste.
b) O movimento de rotação é responsável pela alternância de dias e noites e explica os fusos horários.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 3
Observe a imagem a seguir.

fundamental 2 geografia 2018 q3 6 ano c1 p2

Machu Picchu, que na língua indígena quíchua significa “velha montanha”, localiza-se no maior conjunto
de montanhas do mundo, a Cordilheira dos Andes. A conhecida “cidade perdida dos incas” foi
construída no Império Inca no século XV.
a) Por que o nome “velha montanha” não é adequado considerando a classificação da forma de
relevo em que a cidade foi construída?
b) Cite duas outras formas de relevo característico de movimentação tectônica.

Resposta:

a) Machu Picchu foi construída em uma montanha, resultado do encontro de duas placas tectônicas
que formaram um dobramento moderno, sendo considerada uma forma geológica recente.
b) Edifício vulcânico, ilha vulcânica ou fossas oceânicas.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 34
Observe a seguinte imagem.

fundamental 2 geografia 2018 q34 6 ano c2 p1

Revista Galileu. Disponível em: <https://glo.bo/2FxVAhy>. Acesso em: 17 jul. 2018.
As pinturas rupestres são um dos principais instrumentos de compreensão da história da humanidade.
Nesse sentido, a teoria mais aceita sobre a presença dos seres humanos no mundo é que eles
a) ( ) surgiram primeiramente na Eurásia há 1 milhão de anos e passaram a migrar para os outros
continentes.
b) ( ) surgiram em momentos diferentes no continente africano e no continente americano e, assim,
povoaram o mundo.
c) ( ) surgiram no continente africano e chegaram ao continente americano por meio de embarcações
há cerca de 10 mil anos.
d) ( ) têm sua origem no continente americano e apenas posteriormente migraram pelo Estreito de
Bering para Europa, Ásia e África.
e) ( ) têm sua origem no continente africano há cerca de 200 mil anos e migraram, primeiramente,
para o Oriente Médio e, posteriormente, para a Europa e a Ásia.

Resposta correta: E
Estudos indicam que a humanidade se originou no continente africano há cerca de 200 mil anos e,
em decorrência de seus hábitos de caça e coleta, migrou para outros continentes. Destaca-se o fato
de que os seres humanos passaram a habitar o continente americano em um contexto relativamente
recente, na medida em que os mais antigos registros da espécie humana nas Américas datam de cerca
de 10 mil anos. Estima-se que a travessia até o continente americano tenha-se dado através do Estreito
de Bering, que separa o território hoje conhecido como Alasca do extremo Leste do território que hoje
pertence à Rússia, na Península de Chukchi.
Alternativa A: incorreta. A teoria mais aceita é a de que a humanidade surgiu na África há cerca de
200 mil anos, e não há 1 milhão de anos.
Alternativa B: incorreta. A humanidade surgiu, isto é, considerando-se o processo de evolução dos
hominídeos, em apenas um ponto do continente africano e, a partir dali, migrou ao longo dos milênios
seguintes.
Alternativa C: incorreta. A teoria mais aceita é a de que a humanidade migrou por terra, e não por
meio de embarcações.
Alternativa D: incorreta. A teoria mais aceita é que o continente americano foi um dos últimos territórios
no processo de migração dos Homo sapiens.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 35
Leia o texto a seguir.
Os assentamentos informais existem há muitos anos e muitas vezes constituem grande parte do
tecido residencial urbano na maioria dos países da América Latina. Tal tecido é resultante, em parte,
da ocupação ilegal ou da divisão não autorizada de lotes e, em parte, das práticas excludentes que
contribuíram para as condições históricas desiguais de crescimento econômico e de distribuição da
riqueza.
Edésio Fernandes. “Regularização de assentamentos informais na América Latina”. Lincoln Institute of Land Policy, 2011. p. 4.
Um dos principais problemas sociais urbanos da América Latina e do Brasil está associado ao déficit
habitacional, considerando-se a população sem moradia e a população que mora em locais informais
ou precários. Uma das principais explicações para esse déficit habitacional está relacionada à(ao)
a) ( ) falta de áreas para construção de moradia pelo poder público nos grandes centros urbanos.
b) ( ) alto custo de material de construção, o que faz com que mesmo os que têm acesso à terra não
consigam construir.
c) ( ) falta de interesse da população para buscar uma casa própria em boas condições.
d) ( ) grande quantidade de áreas e imóveis não utilizados para moradia, por conta da especulação
imobiliária.
e) ( ) desinteresse da população em morar em regiões mais distantes, superlotando regiões centrais.

Resposta correta: D
A especulação imobiliária é o principal fator de expulsão das populações e de ampliação do déficit
de moradia, pois, ao manter grandes áreas e imóveis sem uso, consegue-se encarecê-los e ampliar o
lucro no futuro. É importante destacar que tal processo se dá, muitas vezes, como resposta a processos
de valorização de determinadas áreas urbanas, o que leva à expulsão das populações de baixa
renda, que não mais conseguirão arcar com os custos de moradia e de vida na região, processo esse
denominado gentrificação.
Alternativa A: incorreta. As regiões mais distantes das áreas centrais dos principais centros urbanos,
nos subúrbios, apresentam terrenos para construção, assim como nos centros, onde há muitos prédios
desocupados. Não se trata, portanto, de um problema associado à falta de espaço ou de imóveis
disponíveis à ocupação.
Alternativa B: incorreta. O preço do material de construção não é o maior impeditivo, mas sim o acesso
às áreas para construção, especialmente por parte das camadas menos favorecidas da população.
Alternativa C: incorreta. Há organizações sociais e movimentos que têm reivindicado moradia digna
para a população carente, o que demonstra que não há falta de interesse por parte da população.
Alternativa E: incorreta. Apesar de haver uma parte da população que busca continuar a habitar as
áreas centrais (devido ao acesso a emprego e serviços), outra parte dela está disposta a ir para regiões
no subúrbio, necessitando apenas de incentivo do poder público para efetuar alguma política nesse
sentido.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 36
Leia o seguinte texto.
Mata atlântica
De escarpa em escarpa
plantou a natureza
esse imenso celeiro
com tamanha presteza.
Lindo manto verde
de missão sem par,
com riquezas deslumbrantes
como rios, selvas e mar.
Berço acolhedor
de vidas e pureza.
Grande verde mata…
Quanta singeleza!
Joze Donatto. Disponível em: <https://bit.ly/2JBdjC0>. Acesso em: 17 jul. 2018.
A mata atlântica, à qual se faz referência no texto, é uma das principais florestas do território brasileiro.

Sua formação está associada ao
a) ( ) clima úmido equatorial marinho, que se localiza na planície litorânea.
b) ( ) clima úmido tropical continental, que é causado principalmente pela massa de ar úmido que
vem do Chaco e encontra o planalto atlântico.
c) ( ) clima úmido tropical marítimo, que provoca chuvas ao encontrar o relevo elevado da Serra do
Mar.
d) ( ) clima úmido equatorial continental, que se origina a partir da massa de ar equatorial tropical
que ocorre próximo à floresta amazônica, em uma região de planalto.
e) ( ) clima úmido tropical marítimo, que provoca chuvas na planície costeira.

Resposta correta: C
A mata atlântica está localizada principalmente na região da Serra do Mar e sua formação está associada
à massa de ar quente e úmida que provém do Oceano Atlântico e se precipita de forma orográfica
ao encontrar o relevo. Destaca-se que tal padrão de vegetação estende-se de forma paralela a boa
parte da faixa litorânea do país, entre os estados do Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte, sendo
um tipo de bioma especialmente associado aos padrões climáticos marcados pela ação da maritimidade.
A existência de notáveis desníveis topográficos, especialmente ao longo do litoral da região
Sudeste, é também um importante fator para explicar a formação da mata atlântica, a qual possui um
extrato herbáceo e arbustivo (plantas de porte rasteiro e médio) muito desenvolvido graças à entrada
de luz através das copas das árvores, o que, por sua vez, é permitido pelos desníveis do relevo. Daí
sua relação com o relevo planáltico da região, cujo exemplo mais notável é a Serra do Mar.
Alternativa A: incorreta. A mata atlântica localiza-se na região de clima tropical, entre os trópicos, e
não de clima equatorial.
Alternativa B: incorreta. A principal influência na mata atlântica provém da massa de ar do Oceano
Atlântico, e não do continente.
Alternativa D: incorreta. A formação da mata atlântica não depende da massa de ar equatorial tropical.
Alternativa E: incorreta. A mata atlântica localiza-se principalmente na região da Serra do Mar, onde
são recorrentes as chuvas orográficas ocasionadas pelo encontro da umidade vinda do oceano com
as barreiras naturais do relevo. Não há, portanto, uma grande concentração das chuvas na planície
costeira, e sim nas regiões mais elevadas, em direção ao interior do continente.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 37
Leia o seguinte texto.
Uma verdadeira batalha está sendo travada no Congresso Nacional em busca de privilegiar
os grandes proprietários de terra e desestruturar a agricultura familiar e orgânica brasileira. […] Ao
representar os interesses do agronegócio, a bancada ruralista aposta em dois projetos de lei para
evitar que os produtos orgânicos apresentem-se como alternativa de alimentação saudável para a
população brasileira.
Alexandre Guerra. Carta Capital, 10 jul. 2018. Disponível em: <https://bit.ly/2Nn6gPu>. Acesso em: 17 jul. 2018.
O texto aponta dois modelos de agricultura presentes no território brasileiro, o da agricultura orgânica
e o do agronegócio. O modelo do agronegócio é principalmente representado por
a) ( ) pouco uso de tecnologia e mão de obra pouco especializada.
b) ( ) pouco uso intensivo do solo e necessidade de grandes extensões de terra.
c) ( ) pouca mão de obra e necessidade de pequenas extensões de terra.
d) ( ) pouco uso de insumos químicos e muito uso de tecnologia.
e) ( ) pouca mão de obra e muito uso de insumos e de tecnologia.

Resposta correta: E
Em função da tecnificação, o agronegócio tem pouca empregabilidade e muito uso de tecnologias,
com muitos maquinários e bastante uso de insumos agrícolas.
Alternativa A: incorreta. O agronegócio faz mais uso de mão de obra especializada. Além disso, há
muita utilização de tecnologia.
Alternativa B: incorreta. Ainda que faça uso de grandes extensões de terra, o agronegócio se pauta
em elevado uso intensivo do solo.
Alternativa C: incorreta. O agronegócio usa grandes extensões de terra.
Alternativa D: incorreta. O agronegócio pauta-se no uso intensivo de insumos e defensivos agrícolas,
como fertilizantes e inseticidas.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 38
Observe a imagem a seguir.

fundamental 2 geografia 2018 q38 6 ano c1 p2

Diário do Poder. Disponível em: <https://bit.ly/2O0YcVQ>. Acesso em: 17 jul. 2018.
O cerrado é um bioma e uma das paisagens mais importantes do território brasileiro. Ele
a) ( ) está localizado em áreas baixas de planície, com muitos rios e clima úmido.
b) ( ) apresenta um clima tropical com estação seca e tem sofrido com a expansão recente da produção
de grãos.
c) ( ) é um dos biomas mais preservados do território brasileiro por conta de seu relevo acidentado,
que inviabiliza a ocupação.
d) ( ) é uma região com poucas chuvas e clima seco ao longo do ano, apresentando, assim, vegetação
de clima árido.
e) ( ) apresenta vegetação bastante densa em razão das chuvas constantes durante todo o ano.

Resposta correta: B
O cerrado apresenta clima tropical, tipicamente marcado pela sazonalidade no regime de chuvas, ou
seja, há uma estação muito chuvosa (verão) e outra especialmente seca (inverno), o que condiciona o
comportamento das espécies vegetais que se manifestam nessa paisagem. Trata-se de um ambiente
que tem sido profundamente alterado pela expansão da área ocupada por lavouras e pastagens, especialmente
nos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás, onde a produção de soja tem
reduzido as áreas de cerrado preservado.
Alternativa A: incorreta. A região na qual se apresenta o bioma do cerrado é composta principalmente
de planaltos e chapadas, e não planícies. Apresenta também uma estação seca.
Alternativa C: incorreta. O cerrado é um bioma bastante ameaçado pela expansão do agronegócio
brasileiro.
Alternativa D: incorreta. O cerrado apresenta uma estação seca e uma estação chuvosa.
Alternativa E: incorreta. A vegetação do cerrado só apresenta notável densidade quando localizada
às margens de rios, caso em que se denomina “mata-galeria” ou “cerradão”. Nas demais áreas, essa
vegetação se apresenta de forma mais esparsa, assemelhando-se a pradarias e campos.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 1
Observe o seguinte mapa.

fundamental 2 geografia 2018 q1 6 ano c2 p2

Fonte: Emplasa. Disponível em: <https://bit.ly/2AolTjT>. Acesso em: 2 out. 2018.
Apesar de ser constituída de vários municípios, a Região Metropolitana de São Paulo apresenta-se, em
uma imagem de satélite, como uma única aglomeração urbana.
a) Qual o nome do processo que explica essa condição verificada?
b) Na hierarquia urbana brasileira, como é classificada a cidade de São Paulo? Justifique.

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 2
Leia este texto.
O Produto Interno Bruto (PIB) caiu 0,5% no trimestre encerrado em julho na comparação com o
trimestre encerrado em abril. O resultado sobre a economia brasileira faz parte do Monitor do PIB,
publicado nesta quarta-feira (19) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Segundo a FGV, a queda de
0,5% na comparação entre ambos os trimestres de 2018 foi influenciada principalmente pelos setores
da indústria e de serviços, uma vez que esses apresentaram quedas, respectivas, de 1,9% e 0,4%.
Brasil Econômico, 19 set. 2018. Disponível em: <https://bit.ly/2R0opVY>. Acesso em: 26 set. 2018.
Os setores da economia podem ser divididos em primário, secundário e terciário, cada qual se responsabilizando
por determinados conjuntos de atividades econômicas.
a) Em quais setores (primário, secundário ou terciário) se encaixam as atividades destacadas no
texto?
b) Além das descritas, qual outra atividade compõe os chamados três setores produtivos? Essa
atividade é importante na economia brasileira?

Atividade de Geografia 6º Ano – Ensino Fundamental 2 – QUESTÃO 3

Observe a tabela a seguir.

Evolução da população urbana brasileira

fundamental 2 geografia 2018 q3 6 ano c2 p2

IBGE. Censo demográfico 1940-2010. (Até 1970 dados extraídos de: Estatísticas do século XX).
Rio de Janeiro, 2007. Anuário Estatístico do Brasil, 1981, vol. 42, 1979.
Apesar da importância das atividades agrícolas em sua economia, o Brasil é, desde a década de 1970,
um país em que a maior parte da população reside em cidades.
a) Explique quais as diferenças entre os espaços urbano e rural.
b) Qual é o nome do processo em que a população rural se desloca para as cidades?

Apostila de Reforço Escolar do 1° ao 5° ano para MELHORAR o Desempenho das Crianças!

SIM, QUERO APOSTILA DE REFORÇO!
Apostila 100% digital.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!